Kuando Kubango

Cuando-Cubango

Cuando-Cubango é uma província de Angola, situada no sudeste do país. É limitada a norte pelas províncias do Bié e Moxico, a leste pela República da Zâmbia, a sul pela República da Namíbia e a oeste pelas províncias do Cunene e Huíla. A capital da província é a cidade de Menongue e dista de Luanda por 1051km e de Kuito por 342km. Tem cerca de 140.000 habitantes e ocupa uma superfície de 199.049 km².

É constituída pelos municípios de Calai, Cuangar, Cuchi, Cuito Cuanavale, Dirico, Mavinga, Menongue, Nancova e Rivungo. Esta zona de Angola é conhecida actualmente como «Terras do Progresso», devido ao seu potencial económico virgem.

O clima é tropical no norte da província e semi-árido no sul.


História

Durante muito tempo alguns municípios, como Mavinga, Dirico,Cuchi e Cuito Cuanavale serviram como bases de apoio à guerrilha da UNITA, sendo por isso esta província designada, pelos apoiantes daquele movimento, como "terras livres de Angola". A UNITA só abandonou completamente estes territórios em finais de 2001 aquando da ofensiva das Forças Armadas Angolanas.

A província, principalmente os municípios de Mavinga e Cuito Cuanavale, foi palco de grandes combates durante a guerra civil de 1975 a 1991.

Durante este periodo, Cuando-Cubango serviu como a primeira base da UNITA, liderada por Jonas Savimbi. O movimento rebelde recebia apoio dos EUA como parte da Guerra Fria contra o MPLA, que recebia apoio, principalmente, da União Soviética e de Cuba.

A UNITA manteve sua base clandestina na cidade de Jamba. O campo era protegido por armas anti-aéreas.


População

A população desta província é a menos estudada das populações de Angola. A sua composição étnica básica foi estabelecida, embora de maneira algo preliminar, no fim da era colonial 1 . As suas características incluem as de ter um peso demográfico muito fraco e de consistir de grupos relativamente pequenos e dispersos, com uma notável mobilidade geográfica (que inclui a Namíbia, o Botsuana e a Zâmbia), e a frequente junção ou divisão destes grupos. Estas características mantiveram-se desde antes da ocupação colonial e continuam depois do acesso de Angola à independência.


Fauna

Esta região angolana tem uma grande diversidade de fauna, podendo aí encontrar-se a palanca, o elefante, o rinoceronte, o hipopótamo, o leão, a hiena, o leopardo (onça-do-cabo-verde), o búfalo-africano, o javali, a avestruz e outras aves e répteis variados.

Sobre Nós

A representação do Consulado Geral de Angola abrange nove Estados arnericanos, desde do Sudeste ao Sudoeste dos Estados Unidos, nomeadamente os Estados da Alabama, Arkansas, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Florida, Georgia, Louisiana, Mississippi, Novo Mexico, Oklahoma, Tennessee e Texas.

Phone: 1-713 212 3840

Nossa Equipe

Copyright © 2015 | Elite Management Solutions