Diplomacia foi crucial para estabilidade do país - Georges Chikoti

Diplomacia foi crucial para estabilidade do país - Georges Chikoti

A diplomacia angolana jogou um papel crucial para a estabilidade e desenvolvimento do país, durante os 40 anos de independência nacional, afirmou nesta quinta-feira, em Luanda, o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti.

Em declarações à imprensa, por ocasião do Dia do Diplomata (12 de Novembro), declarou que nos 40 anos de independência a diplomacia angolana trabalhou incansavelmente, lutando nos corredores políticos internacionais para o reconhecimento do Estado angolano.

Fez saber que nesse período lutou-se para o reconhecimento do país junto da União Africana (UA) e Organização da Unidade Africana (OUA), na época.

Adiantou que a entrada nas Nações Unidas, em 1976, foi também resultado da luta política levada a cabo pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, então nas vestes de ministro das Relações Exteriores.

"Todos esses momentos são importantes para a reflexão e também para podermos dizer aos angolanos que a área diplomática sempre esteve ao lado do povo angolano", expressou.

Notou que durante o conflito armado que assolou o país, a diplomacia angolana, de modo geral, trabalhou com a comunidade internacional para fazer ver que o conflito era injusto.

"Tínhamos forças do regime do Apartheid que agrediam Angola e apoiavam uma parte de angolanos contra a estabilidade do país, contra a resolução 435 (sobre a independência da Namíbia), bem como para manter o regime do Apartheid na África do Sul, que durante anos excluiu a população negra para ser foque do processo político", afirmou.

Segundo o ministro, Angola lutou por valores extremamente importantes na sua região, culminando com a Batalha do Cuito Cuanavale que levou pela primeira vez às negociações entre os EUA, África do Sul, ex-URSS e Cuba a reconhecerem que era tempo para se pôr fim ao conflito na região.

A par disso, aferiu que a diplomacia angolana continuou a lutar, permitindo a assinatura dos acordos de Bicesse (Portugal) que levaram Angola às primeiras eleições multipartidárias de 1992.

0 Comentários

Deixe um Comentário

  • Was this helpful?

  • No Very
  • Enter Word Verification in box below •

    Captcha Image

Sobre Nós

A representação do Consulado Geral de Angola abrange nove Estados arnericanos, desde do Sudeste ao Sudoeste dos Estados Unidos, nomeadamente os Estados da Alabama, Arkansas, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Florida, Georgia, Louisiana, Mississippi, Novo Mexico, Oklahoma, Tennessee e Texas.

Phone: 1-713 212 3840

Nossa Equipe

Copyright © 2015 | Elite Management Solutions