Empresários incentivados na produção de algodão

Empresários incentivados na produção de algodão

A ministra da Indústria, Bernarda Martins, apelou para os empresários nacionais e estrangeiros investirem na produção de algodão em Malanje, para apoiar as três grandes unidades fabris têxteis reabilitadas pelo Executivo nas províncias do Kwanza Norte, Luanda e Benguela.

Bernarda Martins, que falava na Conferência Internacional de Promoção de Investimento para a província, que terminou na última sexta-feira, 23, sublinhou que, durante a administração colonial portuguesa, o território de Malanje era uma das regiões com maior produção de algodão de Angola.

Actualmente Angola importa algodão para as fábricas África Têxtil (Benguela), Textang 2 (Luanda) e SATEC (Dondo), disse a ministra Bernarda Martins, que precisou que o Executivo trabalha para disponibilizar parcelas de terra para a indústria com as infra-estruturas necessárias, como água, energia, arruamentos e acessos, com o objectivo de apoiar os empresários que pretendam investir.

“A província de Malanje produz bens agrícolas como milho, soja, feijão, mandioca e cana-de-açúcar que podem ser importantes matérias-primas para investimentos na indústria transformadora”, disse a ministra da Indústria.

Além da província de Malanje, existe um projecto de relançamento da produção de algodão nas localidades da Quipela e Capango, município do Sumbe (Kwanza Sul), com início previsto para Janeiro do próximo ano.

0 Comentários

Deixe um Comentário

  • Was this helpful?

  • No Very
  • Enter Word Verification in box below •

    Captcha Image

Sobre Nós

A representação do Consulado Geral de Angola abrange nove Estados arnericanos, desde do Sudeste ao Sudoeste dos Estados Unidos, nomeadamente os Estados da Alabama, Arkansas, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Florida, Georgia, Louisiana, Mississippi, Novo Mexico, Oklahoma, Tennessee e Texas.

Phone: 1-713 212 3840

Nossa Equipe

Copyright © 2015 | Elite Management Solutions