EUA desejam continuidade de Angola na presidência da CIRGL

EUA desejam continuidade de Angola na presidência da CIRGL

Pelo papel positivo que tem vindo a desempenhar, os EUA são de opinião que Angola continue a presidir à Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL), assumida em Janeiro de 2013, por um período de dois anos.

A informação consta de uma nota de imprensa da Embaixada de Angola nos EUA, enviada hoje à Angop, na sequência da audiência concedida ao ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, pelo secretário de Estado americano, John Kerry, quarta-feira, em Washington.

A informação sustenta que, em relação ao Burundi, os EUA pediram que Angola intervenha no sentido de usar a sua influência no continente, para que este país consiga cooperar com a comunidade internacional.

(O Burundi vive uma crise política, na sequência da candidatura do presidente Pierre Nkurunziza a um terceiro mandato, no final de Abril, cujo escrutínio venceu).

No encontro, John Kerry, demonstrou a vontade de ambos os países continuarem a partilhar opiniões sobre vários temas, de entre os quais o terrorismo internacional, refere a nota, acrescentando que a parte americana encorajou os esforços empreendidos por Angola em prol do seu desenvolvimento e também pela maneira como está a conduzir o processo de julgamento dos 17 arguidos acusados de Actos Preparatórios de Rebelião.

Após o encontro, Georges Chikoti sublinhou que, no âmbito da cooperação, Angola e os EUA vão continuar a trabalhar em conjunto e tomou como exemplo a recente instalação do escritório do Departamento de Agricultura em Luanda, para uma participação conjunta no desenvolvimento do sector cafeícola.

Além de terem abordado a cooperação bilateral, ambos os dignitários falaram da segurança do continente africano e de aspectos ligados à próxima Cimeira sobre o Clima, que vai decorrer em França.

Assistiram à audiência o embaixador de Angola nos EUA, Agostinho Tavares, o embaixador da Missão Permanente de Angola na ONU, Ismael Martins, Helen La Lime, embaixadora norte-americana em Angola, assim como diplomatas.

0 Comentários

Deixe um Comentário

  • Was this helpful?

  • No Very
  • Enter Word Verification in box below •

    Captcha Image

Sobre Nós

A representação do Consulado Geral de Angola abrange nove Estados arnericanos, desde do Sudeste ao Sudoeste dos Estados Unidos, nomeadamente os Estados da Alabama, Arkansas, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Florida, Georgia, Louisiana, Mississippi, Novo Mexico, Oklahoma, Tennessee e Texas.

Phone: 1-713 212 3840

Nossa Equipe

Copyright © 2015 | Elite Management Solutions